100 garrafas para 100 avós centenários – Loja Licor Beirão
Adicionar ao carrinho

100 garrafas para 100 avós centenários

100 garrafas para 100 avós centenários

Defensor devoto das raízes e ciente da importância do legado familiar, o Licor Beirão quis estender o tributo que preparou a propósito do centenário do seu fundador. Na impossibilidade de prestar uma homenagem aos mais de 4 mil centenários em Portugal, a marca presenteou 100 pessoas centenárias, com data de nascimento até 31 de dezembro de 1917. 

As inscrições dos avós centenários foram feitas numa plataforma criada para o efeito, que ficou disponível aquando o lançamento do Beirão d’Honra no mercado. A primeira centena de inscritos, caso se verificasse que a data de nascimento cumpria o requisito, recebeu esta singela homenagem do Licor Beirão. Ao longo do mês de maio, a equipa do Licor Beirão teve o enorme privilégio de tecer contacto direto, por intermédio das famílias, com os centenários homenageados.

Beirão d'Honra - Licor Beirão homenageia centenários

Entre tantas avós Marias e tantos avós Franciscos e Antónios, esta iniciativa deixou o Licor Beirão encantado e de coração cheio. Estes avôs, a grande maioria com mais de um século de vida, que tanto dão e ensinam aos seus, julgam, numa simplicidade e inocência sinceras e tão transparentes, não serem motivo suficiente para uma homenagem. O avô Fernando Ferreira, um jovem de 100 frescos anos, questionou a sua família: “porque é que me foi enviada uma garrafa?”. Porque, como declara Sofia Gouveia, neta da avó Maria do Carmo, de quase 102 anos, “os velhinhos são pessoas importantes que muito contribuíram para o que somos e para o nosso património”.

Beirão d'Honra - Licor Beirão homenageia centenários

Já Joaquina Martins, a quem carinhosamente podemos chamar de avó Quina, nascida num longínquo janeiro há 110 anos, e a avó Custódia, que completou no final de abril o seu centenário, acham melhor guardarem a garrafa e brindarem em ocasiões mais importantes do que este marco tão único que alcançaram nas suas vidas: preferem brindar no casamento dos netos e bisnetos!

Avós centenários

Pelo centenário do nosso avô e pelo seu avô centenário

Estes queridos avós, com tantas histórias para contar e com todo o amor que devotam à sua família, são uma inspiração. O Licor Beirão quis prestar-lhes uma homenagem porque os olha com admiração. Cresceram e viveram sem pretensiosismos, são sinónimo de tradição e família como este licor. Muitos deles criaram dúzias de filhos e netos só com o coração, sem modernismos. Outros tantos construíram as duas vidas sem luxos, e não foram menos felizes por isso.

Beirão d'Honra - Licor Beirão homenageia centenários

Neste trilho da defesa da portugalidade, que assumidamente percorre, o Licor Beirão honra-se de ter conhecido, pelo caminho, tantos dos centenários de Portugal. A todas as famílias que se disponibilizaram a abrir a porta dos seus lares para que entrasse o Beirão d’Honra: muito obrigado!

 

Para celebrar um homem diferente, um Beirão diferente

José Carranca Redondo era um homem que nada temia. Era pelas provocações a tudo o que não julgasse correto e pelas tentativas atrevidas de por o seu licor na boca de todos. Quer o bebessem ou falassem sobre ele: Carraca Redondo conseguiu. Mesmo que, para isso, tenha inventado OVNI’s e tenha sido necessário aquecer a cadeira do tribunal – sozinho – quase uma centena de vezes. O fundador da marca beirã era um homem de fibra, um gerador de ideias sem fim que deixou, como herança, as bases que, nos dias de hoje, sustêm o Licor Beirão.

Além de empresário, Carranca Redondo foi pai e avô, daqueles que desafiam os cérebros dos mais novos, lhes puxam pelas ideias e os tiram da zona de conforto. Com o filho, José Redondo, contou sempre como obreiro das suas ideias e fiel companheiro das suas aspirações empresariais. Dos netos, hoje à frente da empresa, quis que conhecessem o valor do trabalho e a sensação de ir à luta, e nem sempre vencer – "o meu avô despediu-me três vezes", recorda Daniel Redondo, atual diretor-geral da empresa, "mas esperava ver-me, no escritório, no dia seguinte" (uma das histórias presentes no livro recentemente lançado pelo Licor Beirão).

Família Redondo, Licor Beirão

José Carranca Redondo e o filho José Redondo

Perante a genialidade de Carranca Redondo, as gerações seguintes aprenderam que, mesmo que o tempo avance, existem valores intangíveis que não perecem com o tempo. Hoje, é impossível dissociar, ou perceber onde começa e acaba, o Licor Beirão e a família Redondo. O Licor Beirão é um membro da família porque nasceu, como marca e ícone da portugalidade, pelas mãos do mesmo progenitor: José Carranca Redondo foi o pai do Licor Beirão.

Beirão d'Honra
Lançamento do Beirão d’Honra

No ano de 2016, se fosse vivo, Carranca Redondo faria 100 anos. A família, ciente do legado deixado por este homem, não se poupou a celebrações sentidas e, para assinalar o final destas comemorações, aventurou-se na maior das homenagens. Depois de mais de 70 anos a ser uma empresa monomarca, o Licor Beirão lançou um novo produto: Beirão d’Honra, que surgiu da vontade inequívoca de homenagear o fundador da marca. Esta receita especial, feita com a mesma base de especiarias e plantas aromáticas, é enobrecida com aguardente vínica envelhecida e deve consumir-se em estado puro, sem gelo ou limão, em copo balão

 

-- 

Subscreve a nossa newsletter!

* indicates required

Ver todas as entradas no blog

Partilhar esta publicação