Adicionar ao carrinho

BEIRÃO DOS AMORES- VENCEDORES DO MÊS DE OUTUBRO DOS CASAMENTOS À BEIRÃO 2020

E o amor continua no ar!

Este mês continuámos a receber histórias de amor memoráveis e, como tal, tivemos que partilhar três: da Inês e do Pedro, da Georgina e do Ricardo e da Sara e do Marco. 

Muitos parabéns aos Vencedores! 

E se ainda não participou do que está à espera? Ainda tem oportunidade de partilhar connosco a sua História de Amor! 

AS HISTÓRIAS VENCEDORAS 

Inês e Pedro 

"Parece que hoje chegou o dia de contar-vos a nossa história de amor. Somos a Inês e o Pedro, tal como a mais intensa paixão portuguesa de Inês de Castro e D.Pedro I. Gosto de comparar a nossa história com a deles, pelo simples facto de terem ficado juntos "até ao fim" e ser uma história 100% Portuguesa, assim como a nossa e a do Licor Beirão.

Bem, nós conhecemo-nos há cerca de dez anos atrás, nos Bombeiros Voluntários à qual ambos pertencemos. No entanto, sempre nos demos bem, mas éramos precisamente conhecidos e colegas de trabalho. Para mim, uma vez que ele já pertencia à casa há mais tempo e tinha formação mais avançada, na altura, sempre foi um exemplo a seguir.

Tanto que como tirei enfermagem, por vezes precisava de esclarecer algumas dúvidas na emergência pré-hospitalar e era a ele que recorria para tal. Mas sempre numa relação de meros colegas.

Até que um certo dia, em que a vida de ambos teria tido rumos diferentes, cruzamo-nos num dos corredores do quartel e olhamos um para o outro. Um olhar simples, talvez como já tivesse havido muitos outros mas que naquele dia teve outro significado completamente diferente para ambos. Fomos à nossa vida e qual a minha admiração, quando uns minutos depois recebo uma mensagem dele.

Desde esse dia que nunca mais deixamos de falar. Conversas, sorrisos e momentos que partilhamos até chegar o pedido de namoro.  Eu, durante toda a minha vida nunca gostei de nenhuma bebida alcoólica, pelo que em convívios com amigos apenas bebia sumos.

Quando os amigos do Pedro souberam, não desistiram enquanto não me deixaram a gostar de alguma bebida que não água ou sumo e assim foi. Provei variadíssimas coisas, algumas que não me agradavam mesmo nada, até chegar o Licor Beirão e perceber que não sabia mesmo o que andava a perder, sem nunca ter provado.

E a verdade, é que desde aí sempre fez parte dos nossos serões! O nosso namoro sempre foi recheado de serões a dois, serões com amigos e como ambos adoramos viajar, cheio de aventuras e viagens também.  Após cerca de dois anos de namoro, viajamos até Nova Iorque e sem eu estar à espera, sentados no Central Park, admirando toda aquela incrível paisagem, pede-me para meter a mão no bolso do casaco e retirar o que lá estaria. Sou surpreendida por uma caixa de um anel, onde ele se ri e faz a tão esperada pergunta. Claro que respondi que sim, como responderia hoje e sempre. 

Planeámos tudo para ser em Setembro do ano de 2020, mas as coisas nem sempre correm como nós pretendemos e assim foi.  Ainda com bastante antecedência decidimos adiar mais um ano, pois somos ambos da área da saúde e queremos que todos aqueles que têm importância nas nossas vidas possam estar presentes no nosso grande dia e de forma segura e responsável. Queremos que nesse dia seja tudo perfeito, de preferência na companhia do Licor Beirão! Inês Costa"

 

Georgina e Ricardo 

"O Beirão esteve lá desde o início. Foi durante a fase mais impactante da pandemia. Estávamos em casa há 2 ou três semanas, o isolamento “obrigatório” fez com que permanecêssemos isolados da sociedade meses a fio.

Fizemo-lo em casa dum casal amigo. No meio de tantos dias passados a ver televisão, a pôr música na janela para animar a vizinhança, a cozinhar... eis que decidi, com a ajuda desse casal, preparar aquele que seria o cenário (não) perfeito mas o ideal para O PEDIDO.

Sem ela se aperceber, o terraço ía-se transformando naquele que seria o local com a vista mais bonita sobre a cidade de Paços de Ferreira. A noite chegou, os preparativos estavam alinhados e eu só tinha o simples trabalho de fazer com que a minha noiva chegasse ao terraço, sem desconfiar.

Estava tão nervoso que nem me lembro do percurso pelas escadas. Foi lindo. Lá chegados, e sem conseguir debitar uma palavra do discurso que havia preparado, disse o que ela me fez saber que foram “as coisas mais bonitas que jamais ouviu”.

Tudo lindo. Tudo épico. Chegou a altura de celebrar o acontecimento com uma garrafa de champanhe francês. Só para o brinde. Problema: o meu parceiro neste “crime”, o rapaz do casal, havia colocado a garrafa de champanhe demasiado cedo no congelador. Não houve champanhe. Nem foi preciso. Solução: as duas garrafas de Licor Beirão, que estavam mesmo ali, para dar continuidade à noite. Acabaram por durar pouco mais do que uma hora. Mas fizeram-nos tão bem que, entretanto começou a chover e lá continuávamos nós, à chuva, a ouvir a nossa playlist e a saborear o melhor Licor do Mundo. O Beirão esteve lá desde o início. O Beirão estará, sempre, connosco. Obrigado ❤️"

Sara e Marco

"Olá! O meu nome é Marco Gonçalves, tenho 26 anos e sou o orgulhoso noivo que vos vem falar da história de amor com a minha noiva, Sara Alves e do magnífico “engate” com a ajuda do famoso licor Beirão.

Há muitos anos que a conheço, fomos colegas de secundário e sempre nos demos muito bem, mas devido à minha veia desportiva de alta competição, quando terminei os estudos fui viver para Espanha e cumprir o meu sonho de jogar Basquetebol em cadeira de rodas ao mais alto nível, pelo que durante anos deixámos de manter contacto.

O destino juntou-nos passados 4 anos, já comigo em Portugal, num jantar com antigos colegas da escola e por alguma razão a minha cara metade começou a olhar-me com outros olhos e vice-versa.

A Sara é uma força da natureza, sempre alegre e sempre agitada! Já eu sempre fui um palhacinho que atrai todos os que me rodeiam, mais calmo e descontraído para balancear a relação.

A minha cadeira nunca foi nada que me impedisse se ter uma vida normal, com ambição, trabalho, desporto e sobretudo felicidade ou que impedisse a Sara de começar a gostar de mim e juntos começámos a criar algo maior que a amizade, ultrapassando juntos qualquer obstáculo.

Mas faltava algo para dar o grande passo … O que seria? Não sabia como lhe fazer A PERGUNTA, não tinha posses para grandes feitos até que um dia olhei para uma garrafa de licor Beirão que tinha em casa e sabendo que era das únicas bebidas de que ela gostava pensei: para quê complicar algo tão simples?

Convidei-a para um piquenique ao ar livre junto à torre de Belém, levei a garrafa, larguei a cadeira e sentei-me no chão. A parte mais difícil lá se resolveu com muito nervosismo de parte a parte e terminou em cheio com o primeiro beijo e um brinde, que se prolongou com o mesmo licor até hoje, que foi e será sempre usado apenas em ocasiões especiais, para que todos os momentos com a Sara sejam únicos e memoráveis.

Temos casamento marcado para o Verão de 2021 e seria a cereja no topo do bolo ter o nosso amigo Beirão num dos momentos mais importantes das nossas vidas! Conto convosco para lhe fazer esta surpresa! "

 


Ver todas as entradas no blog

Partilhar esta publicação