À conversa com... Carlos Santiago, Barman do Ano 2015! – Loja Licor Beirão
Adicionar ao carrinho

À conversa com... Carlos Santiago, Barman do Ano 2015!

À conversa com...

“O que diferencia o Licor Beirão das outras bebidas é a intemporalidade e a polivalência.”

Tem 34 anos e vive no Porto, cidade pela qual é apaixonado. A prová-lo está o cocktail da sua autoria que lhe valeu o título de “Barman do Ano 2015”: o Bibó Porto, que o autor descreve como uma “desconstrução da famosa Francesinha”. Licenciado em Comunicação Empresarial, Carlos Santiago decidiu transformar um hobbie numa carreira e já trabalha como bartender desde 2011. Esteve recentemente no festival internacional Tales Of The Cocktail, onde pôde verificar que “em Portugal estamos num nível igual, ou até superior, ao dos bares e bartenders americanos” e, embora reconheça que as bebidas portuguesas ainda têm um caminho internacional para fazer, acredita que “o Licor Beirão pode marcar a diferença e assumir um papel diferente lá fora”. Carlos Santiago promete-nos algumas novidades para Setembro e nós vamos ficar atentos!

 Barman do Ano dá entrevista ao Licor Beirão

Nome: Carlos Santiago.

Idade: 34 anos.

Onde é que vive? Porto.

Onde é que trabalha? Para já, podem encontrar-me algumas noites no Forte S. João, mas em Setembro vou ter novidades…

Trabalha como bartender desde... 2011.

É licenciado em Comunicação Empresarial. Como é que chega ao mundo dos bares? Fiquei desempregado e resolvi fazer formação numa área que era um hobbie, mas que rapidamente se tornou uma paixão e a carreira que quero seguir.

A sua formação de base ajuda-o no seu trabalho atual? A comunicação é essencial em toda a nossa vida e nesta área assume uma enorme importância. A minha formação de base ajuda-me bastante, principalmente na gestão de conflitos e a quebrar eventuais barreiras de comunicação que possam existir.

Foi considerado o “Barman no Ano” em 2015. O que é que esta distinção representou para si? Foi o coroar de um grande investimento que fiz ao longo de 2015. É um orgulho enorme estar listado nos vencedores do Barman do Ano, prova que tenho a certeza que vai assumir um papel de enorme relevo no bartending nacional. Aproveito para agradecer às Edições do Gosto por tornarem possível este concurso.

Conseguiu ganhar o título “Barman no Ano” com um cocktail de autor, o “Bibó Porto”. Em que é que consiste este cocktail? É uma desconstrução da famosa Francesinha: usei, neste cocktail, elementos que compõem o molho desta famosa receita do Porto e fiz um pairing com uma mini-francesinha. O cocktail é constituído por rum envelhecido, vinho do Porto, xarope de louro caseiro, bitter picante caseiro e um ar de louro e picante.

Barman do ano à conversa com Licor Beirão

Trazer para a mixologia as referências das bebidas e da gastronomia tipicamente portuguesas é uma preocupação para si? Gosto muito de colocar um toque da minha região nos meus cocktails; não quero estar sempre preso a isso, mas sempre que posso faço-o e já tenho alguns cocktails de autor que o demonstram. Gosto de mostrar a minha identidade e as minhas raízes através dos cocktails que faço.

Graças à distinção de “Barman do Ano”, teve a oportunidade de ir a Nova Orleans, nos EUA, ao festival Tales Of The Cocktail. Como é que foi esta experiência? A oportunidade de estar presente no maior evento de bar do mundo é indescritível... Foi uma experiência fenomenal! Ter a oportunidade de privar com todos os atores principais do mundo do bar mundial foi uma experiência muito enriquecedora. Mas o que me deixou mais agradado foi verificar que em Portugal estamos num nível igual, ou até superior, ao dos bares e bartenders americanos, o que que me deixa com um orgulho imenso da nossa comunidade.

Qual é a imagem que as bebidas portuguesas têm lá fora? Ainda temos uma dimensão pequena e para além do vinho de mesa e do vinho do Porto, poucas bebidas são conhecidas. Mas acredito que o Licor Beirão possa marcar a diferença e assumir um papel diferente lá fora.

O que é que gosta mais no seu trabalho? O processo de criar experiências e surpreender os clientes é algo que me agrada imenso, adoro proporcionar bons momentos e boas experiências a todos aqueles que tenho o prazer de atender.

Em que é que se inspira para a criação dos seus cocktails? Nas minhas vivências, no que me rodeia. E muita da minha inspiração vem da pessoa que está sempre do meu lado.

Na sua opinião, o que é que faz do Licor Beirão uma bebida única? O que diferencia o Licor Beirão das outras bebidas é a intemporalidade e a polivalência. Intemporalidade porque não é uma bebida que esteja restrita a uma determinada faixa etária, como acontece com outras espirituosas. Polivalência, porque nos permite, enquanto bartenders, fazer uma grande diversidade de cocktails.

Qual é a sua forma preferida de beber Licor Beirão? Gosto muito de o beber puro, apenas com um pouco de gelo.

Carlos Santiago e João Pessoa, Brand Ambassador do Licor Beirão

O que é que os portugueses mais pedem quando vão a um bar? Ficam pela cerveja ou já começam a arriscar experimentar cocktails mais elaborados? Depende muito do local e da confiança que tenham com o bartender. Regra geral, penso que ainda estão muito presos aos mojitos e caipirinhas, mas começam a abrir mentalidades e estão mais disponíveis para experimentar. Se conseguirmos ganhar a confiança do cliente, então, tudo é possível.

Costuma contar aos clientes as histórias em torno dos diferentes cocktails? Eles perguntam? Querem saber mais? O mundo atrás do bar vive de histórias: quantas mais tivermos para contar, mais interessante se torna a experiência do cliente e, consequentemente, a sua vontade de regressar aumenta. Além do mais, quando sabemos curiosidades sobre alguma bebida ou cocktail, e partilhamos esse conhecimento com o cliente, ganhamos a sua confiança.

Agora que estamos no verão: se um cliente lhe pedir uma sugestão, qual é a melhor forma de beber Licor Beirão nesta estação? Qualquer um dos dois cocktails que elaborei para o livro da Licor Beirão, o Beisilicão e o Tropicaliente, dois cocktails que combinam perfeitamente com a estação!

O melhor sítio para um Beirão ao final da tarde: O local é o menos importante desde que estejamos acompanhados por quem amamos, mas o pôr-do-sol, junto à praia, é um cenário perfeito!

 

Fotografia: DR.

És barman ou trabalhas nos mundo dos cocktails? Subscreve a nossa newsletter e não percas as novidades!

Local de trabalho 

Ver todas as entradas no blog

Partilhar esta publicação