Ver amoras onde os outros veem silvas – Loja Licor Beirão
Adicionar ao carrinho

Ver amoras onde os outros veem silvas

Conhecido pelo seu sentido de humor e pela sua capacidade de dar a volta ao texto, José Carranca Redondo conseguia sempre fazer valer as suas ideias e levar a bom porto os seus projetos.

O empresário tinha uns terrenos na zona da Lousã que, devido ao pouco tempo que lhe sobrava para além da vida comercial, eram um pouco esquecidos pelo lousanense. Um desses terrenos estava particularmente cheio de silva e ervas que, com o tempo, ali tinham crescido.

Certo dia, José Carranca Redondo foi chamado à atenção pelo guarda-rios – autoridade que, naquele tempo, era responsável pela preservação dos ribeiros e terrenos adjacentes - que o ameaçou com uma multa, caso o terreno não fosse limpo:

- O senhor tem o terreno cheio de silvas, não pode ser!

A resposta não se fez tardar:

- Não são silvas, senhor agente! É uma plantação de amoras...

 

Subscreve a nossa newsletter!

* indicates required

Ver todas as entradas no blog

Partilhar esta publicação

Co-financiado por: